Início / Eventos / Abflexo lança o livro “História da Flexografia no Brasil”

Abflexo lança o livro “História da Flexografia no Brasil”

Obra resgata a memória dos primeiros passos de uma indústria que começou praticamente do nada e hoje apresenta uma flexografia moderna, evoluída e de padrão internacional

A proposta do livro é contar a história do surgimento, desenvolvimento e evolução da flexografia no Brasil, que teve suas origens no final da década 1920 com algumas impressoras importadas, no cenário de um Brasil que contava com um mercado interno totalmente dependente da importação de máquinas, equipamentos, ferro, aço, produtos químicos, papel e celulose, matérias-primas e outros bens industriais intermediários. “Até 1950 ainda engatinhava, e só vai começar a caminhar a partir dessa década com a iniciativa e a coragem dos primeiros fabricantes de impressoras no País, como: Irmãos Wenzel, Máquinas Gráficas São José, que foi fundada por Orlando de Martini, e Funtimod, uma das maiores fundidoras de tipos do País no século 20 que também forneceu máquinas e equipamentos para embalagens. Mas o grande impulso na flexografia vai ser dado anos mais tarde”, como é relatado em um trecho do livro. Sua grande guinada acontece nos anos 1970. É a partir dali que desenvolve os mais importantes passos e marcos construtivos dessa indústria, e hoje os resultados estão aí para todos verem: os que chegaram depois podem desfrutar de uma flexografia moderna, evoluída e de padrão internacional.

Uma realização da Abflexo/FTA-Brasil, com texto da jornalista e uma grande estudiosa da flexografia, Lúcia de Paula, o livro foi lançado dia 20 de março e poderá ser adquirido durante toda a ConverExpo 2018, dentro do estande da Associação.

Sobre admin

Avatar

Veja Também

Heidelberg faz campanha para destacar os equipamentos para acabamento de embalagens de sua parceira MK

A atual campanha da Heidelberg é voltada para as gráficas de embalagem e foca em …