Início / CATEGORIAS de NOTÍCIAS / Fispal Tecnologia comemora resultados e se consolida como plataforma de novos negócios, inovação e conteúdo

Fispal Tecnologia comemora resultados e se consolida como plataforma de novos negócios, inovação e conteúdo

A 35ª Fispal Tecnologia, maior e mais completa feira para a indústria de alimentos e bebidas da América Latina, apresentou para 39.370 mil visitantes as principais soluções, equipamentos, serviços, inovações e tendências de mais de 1.500 marcas expositoras – 480 expositores. A edição comemorativa, que foi realizada de 25 a 28 de junho, no São Paulo Expo, contou ainda com conteúdo relevante e atrações que ajudaram a aprimorar o conhecimento dos profissionais que estiveram presentes.

A ampliação do espaço de conteúdo foi o grande destaque dessa edição, proporcionando uma plataforma com mais de 200 horas de palestras, conforme Marina Cappi, Show Manager da feira. “Para a Fispal Tecnologia é muito importante oferecer essa oportunidade para os nossos visitantes estabelecerem o contato com representantes de grandes empresas e terem acesso a cases e experiências bem-sucedidas”, comenta.

ARENA DE CONTEÚDO

O governador do estado de São Paulo, João Doria, juntamente com o diretor do ITAL (Instituto de Tecnologia de Alimentos), Luis Madi, e o presidente do grupo Informa, Marco Basso, participaram da plenária de abertura da Arena de Contéudo FispalTec. (No destaque, da esq. p/ dir.: a diretora da feira Clélia Iwaki, João Doria e Marco Basso).

A FispalTec foi a grande novidade, composta por 4 Fóruns: o Fórum Fispal Tecnologia, que tratou da gestão fabril e da Indústria 4.0; o TecnoDrink, com conteúdo voltado para o setor de bebidas; o Fórum de Embalagens, que abordou as principais tendências e inovações para embalagens; e o de Marketing Digital que apresentou cases de marketing digital para a indústria de alimentos e bebidas. Doria enfatizou a importância do estado de São Paulo para a economia do País e o papel das indústrias de alimentos e bebidas neste contexto.

O economista Ricardo Amorim (foto acima) foi o Keynote Speaker da Arena FispalTec. Com atuação no mercado financeiro desde 1992, ele compartilha atualmente todo seu conhecimento por meio de palestras e consultorias. Durante o evento, Amorim apresentou uma análise da conjuntura econômica atual do Brasil e do cenário das indústrias de alimentos e bebidas.

A Arena FispalTec reuniu também entre seus palestrantes executivos de grandes empresas, como Ambev, Nestlé, PepsiCo, Danone, Coca-Cola, Grupo Petrópolis, Kraft Heinz, Seara, Heineken, Natura, Klabin, Tetra Pak, entre outros.

BONS FRUTOS

O ambiente da Fispal Tecnologia foi comprovadamente propício para prospecção e fechamento de novos negócios. A Bramak, que produz máquinas envasadoras, por exemplo, superou todas as metas estipuladas para esta edição. De acordo com Felicio Granato, CEO da empresa de Piracicaba, interior de São Paulo, houve um acréscimo de 200% em vendas de máquinas na comparação com o ano passado. “Fechamos negócios e, ainda, conseguimos fazer novas prospecções em todos os dias da feira”, diz. Para se ter uma ideia, todas as 12 máquinas expostas no estande foram vendidas. “E ainda temos chances de fechar mais negócios que foram iniciados na feira ao decorrer deste ano”, finaliza.

O Grupo SMI, produtor global de engarrafadoras e máquinas de embalagens, teve nesta edição um dos melhores resultados já obtidos na feira. José Ademir Morgillo, administrador da SMI conta que nos quatro dias de evento foram vendidos oito equipamentos de alto valor agregado. Isso é 50% superior ao registrado no ano passado. “A melhoria do cenário econômico e todo o trabalho de Marketing da Fispal Tecnologia ajudaram a atrair um público interessado em fechar negócios”, diz.

Com matriz em Joinville, Santa Catarina, a empresa Termotécnica – que produz desde soluções para embalagens até componentes – estreou sua participação na Fispal Tecnologia com foco na expansão de seus nichos de atuação. Segundo Nivaldo Fernandes de Oliveira, diretor superintendente da empresa, “a feira nos proporcionou uma grande diversidade e, também, um público mais qualificado”, disse o executivo.

OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS

Para estimular ainda mais o fechamento de novos negócios, a Fispal Tecnologia promoveu duas rodadas de negócios.  A estreia da internacional que contou com compradores da Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai e movimentou mais de R$ 13 milhões. Já a rodada nacional gerou mais de R$10 milhões em receita, o que representa um aumento de 8% em relação ao ano passado.

A Fispal Tecnologia fechou parcerias com importantes entidades representativas da indústria de alimentos da América do Sul. Entre elas, estão CEPALI – Câmara de Empresas Paraguaias de Alimentação; CIALI – Câmara Internacional de Alimentos; Chile Alimentos – Associação das Empresas de Alimentos do Chile; e Redalimentaria.

Presente na Fispal Tecnologia há 20 anos, a Raumak esteve na rodada internacional pela primeira vez. De acordo com Rodolfo Schatz Silva, gerente de exportação da empresa, as reuniões foram muito objetivas e contaram com clientes em busca da consolidação de negócios. “Estou saindo daqui com seis oportunidades, sendo cinco delas concretas de negócios, além de um possível novo representante. Foi uma oportunidade excelente para apresentar, mais a fundo, nossas máquinas e entender mais o que o cliente precisa”.

PAVILHÕES INTERNACIONAIS

A Fispal Tecnologia mostrou sua força internacional com o aumento de 12% em área de exposição internacional na comparação com a edição do ano passado. A feira reuniu 71 empresas de 13 diferentes nações e contou com pavilhões da França, China, Turquia, Itália e dos Estados Unidos.

Segundo Erica Di Giovancarlo, diretora geral para o Brasil da ITA – Italian Trade Agency, é a segunda vez consecutiva que o Pavilhão Italiano está na Fispal Tecnologia. Este ano está em um espaço de exposição maior e com nove empresas, três a mais que em 2018.  “É quase unânime o sentimento de satisfação com relação aos novos contatos desenvolvidos e novos projetos que, num futuro breve, poderão evoluir para negociações e novos contratos”, comenta. A visitação internacional também foi impulsionada este ano. Nos quatro dias, a feira contou com a presença de visitantes de 42 países.

EXPERIÊNCIAS E CONSULTORIAS

Os visitantes também tiveram acesso a uma série de experiências e consultorias gratuitas para aprimorar os seus negócios. O Cafezinho com Tecnologia foi desenvolvido com o Instituto Mauá de Tecnologia e teve como objetivo mostrar para as pequenas e médias indústrias como iniciar a jornada de transformação digital.

A Opção Vegana, realizada com a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), ofereceu um plantão gratuito para esclarecer dúvidas sobre o processo de inclusão de receitas ou produtos veganos no portfólio das indústrias.

A Arena da Cerveja Artesanal, que contou com mais de 100 horas de conteúdo de especialistas do Instituto da Cerveja Brasil, degustações e consultorias gratuitas, foi também um grande sucesso de público. O espaço recebeu mais de mil visitas de empreendedores e fabricantes da bebida que puderam se atualizar sobre matérias primas, escolas internacionais de cerveja e processos produtivos.

Na Fispal Tec Experience, os visitantes tiveram a oportunidade de ver de perto como a transformar embalagens em experiências, utilizando a Realidade Aumentada e puderam compreender melhor as vantagens proporcionadas por essa tecnologia.

As visitas técnicas às sedes de indústrias de alimentos e bebidas também foi outra novidade da 35ª da Fispal Tecnologia. Cerca de 150 participantes foram conhecer as unidades industriais da Nespresso, Grupo Petrópolis, Wessel, além da Microcervejaria do Instituto da Cerveja Brasil.

QUALIDADE DE ENSINO

A participação do Instituto SENAI, que é referência no ensino profissional, foi ampliada na 35ª edição da Fispal Tecnologia. O público presente pôde saber mais sobre a evolução da automação industrial na Escola Móvel Indústria 4.0 e ver de perto a integração de tecnologias que otimizam o processo produtivo.

O Lab de Soluções resolveu os desafios de inovação de duas indústrias com a ajuda de profissionais de diversas áreas tecnológicas do SENAI. A Minerva Foods estava em busca de um sistema de medição online de pH no processo de resfriamento da carne e a Ananse Química recorreu aos especialistas do SENAI para promover uma experiência olfativa sem precisar abrir a embalagem de um produto, ou seja, utilizar o olfato a favor da marca para que o cliente seja atraído pelo cheiro.

ESPAÇO DA EMBALAGEM

A Fispal Tecnologia contou, mais uma vez, com o Lounge ABRE da Embalagem, realizado em parceria com a Associação Brasileira da Embalagem (ABRE). No espaço, o Circuito ABRE de Palestras recebeu representantes de empresas associadas à entidade em palestras de 20 minutos que abordaram novas tecnologias, design e inovação. O Lounge recebeu os votos para o Prêmio ABRE da Embalagem Brasileira na categoria “Voto Popular”.

SOBRE A FISPAL E SUA ORGANIZADORA INFORMA MARKETS:

Saiba mais em: www.fispal.com.br | www.informamarkets.com

Sobre Lúcia de Paula

Lúcia de Paula
Jornalista, repórter, editora, produtora de conteúdo em projetos especiais.

Veja Também

Artigo Por Oscar Silvério Gerente de Operações para a América Latina – EFI Metrics Printware …