Início / CATEGORIAS de NOTÍCIAS / Lançada oficialmente no Brasil a linha de equipamentos de impressão P5 da Durst

Lançada oficialmente no Brasil a linha de equipamentos de impressão P5 da Durst

Fruto de uma inovação em sua linha de equipamentos industriais de impressão inkjet, a série P5 da Durst prima por oferecer não somente uma tecnologia de produção flexível para o segmento de comunicação visual, mas também por abarcar alto valor agregado por meio de um pacote de inovações que inclui o novo software Durst Workflow para gerenciamento de fluxo de trabalho de modo mais transparente e assertivo, e o Durst Analytics, que otimiza e agiliza todo o processo de monitoramento dos componentes da máquina.

Em relação à qualidade, a família P5 possui tecnologia de gotas de 5 picolitros e uma equalização perfeita entre produtividade e qualidade de imagem, oferecendo virtualmente o mesmo rendimento tanto no modo Draft, como em alta resolução (1200 dpi). O equipamento ainda agrega operação inteligente para diversos componentes, como o sistema de abastecimento de tinta, que permite identificar, automaticamente, a validade da tinta e durabilidade.

Além disso, conta com a nova tecnologia de ejetores MEMS (Micro Electro Mechanical System) para ajuste altamente preciso do movimento das cabeças de impressão através de motor magnético linear, oferecendo 60 % de jatos por minuto a mais do que uma cabeça convencional.

Equipada com tecnologia de cura LED (em vez de UV), consome menos energia, otimiza o tempo de preparo para impressão, agiliza a troca de mídias entre trabalho e oferece uma operação totalmente livre de ozônio.

Novidade no Brasil

O evento de lançamento da linha P5 no país aconteceu no último dia 28 de maio, na sede da Chromajet, em São Paulo, que se tornou a primeira no Brasil a investir na nova tecnologia Durst, no caso, o modelo P5 250 HS. Além do diretor geral da Durst Brasil, Ricardo Pi, também estiveram presentes o CEO da Durst, Sr. Christoph Gamper, e o diretor mundial de vendas Sr. Christian Harder.

Da esq. p/ dir.: Raquel, Eduardo, Ricardo, Gamper e Harder.

A P5 250 HS adquirida pela Chromajet possui configuração CMYK, com uso opcional das versões Light Magenta e Light Cyan, produtividade até 70% superior aos modelos anteriores (atingindo até 300 m2/hora no modo de Produção), sistema de circulação contínua de tinta e inovadora tecnologia de transporte de mídias, que assegura precisão sem engrenagem para o transporte e posicionamento das mídias. Conta com detecção automática de tipos e espessura de mídia, sensor de entrada de mídia independente e barras de registro posicionadas na lateral.

De acordo com o proprietário da Chromajet, Eduardo Gomes, “Temos um histórico de investimentos e um relacionamento muito bom com a Durst. A P5 é nossa quarta máquina Durst e oferecer uma produtividade que, em alguns casos, é compatível com os outros três equipamentos que temos na Chromajet operando juntos”.

Novos modelos da família P5 serão lançados

Além da P5 250 HS, a Durst anunciou o lançamento de outros dois modelos para a família P5: a P5 350 e a P5 210. Os equipamentos reúnem todas as características da nova geração de equipamentos Durst, como pontos de 5 picolitros e resolução de 1200 dpi.

A P5 350 é um equipamento flexível e híbrido, que pode trabalhar com configuração de mesa (com suporte para o uso de até 6 diferentes placas simultaneamente) ou rolo com três tamanhos de dobra (75/140/220 cm). Comporta larguras de até 3,5 metros.

Já a P5 210 oferece as mesmas configurações flexíveis para larguras de até 2,1 metros.

Mais informações: www.durst.com.br

Sobre Lúcia de Paula

Lúcia de Paula
Jornalista na Linha Fina Conteúdos Jornalísticos, com 30 anos de experiência, especializada em flexografia, atuando no setor desde 2005; autora do livro História da Flexografia no Brasil, editado pela Abflexo/FTA-Brasil, Scortecci Editora, em 2018.

Veja Também

LIVE dedica espaço especial

Unidos em prol da leitura e da divulgação da necessidade de o livro ser usado …