Início / DIGITAL / Megalabel investe em tecnologia Tau 330 RSC-E para se diferenciar na produção de rótulos em tiragens maiores

Megalabel investe em tecnologia Tau 330 RSC-E para se diferenciar na produção de rótulos em tiragens maiores

Quando a Megalabel foi fundada há 12 anos, seu proprietário, Marcio Romano, tinha em mente um foco muito claro: oferecer ao mercado uma referência única de qualidade muito elevada para a produção de rótulos em baixas tiragens.

Hoje, passado mais de uma década, a empresa possui um nome consolidado no segmento, atendendo tanto volumes grandes de produção, como também impressão de pequenas tiragens. “Para isso, investimos na tecnologia flexográfica e também na impressão digital”, explica Marcio.

Contudo, segundo ele, a atual tecnologia digital em uso na Megalabel oferece um custo alto quando é necessário produzir volumes maiores, em escala industrial. “Foi para cobrir esse espaço entre a flexografia e a impressão digital em baixas tiragens que investimos na tecnologia da Tau 330 RSC E”, afirma.

A chegada da tecnologia Durst à Megalabel tem uma função estratégica. Agora, a empresa poderá produzir em alta qualidade e com um custo extremamente acessível tiragens maiores de rótulos por meio da tecnologia digital.

“Afirmo que a Tau 330 RSC E nos coloca em uma posição diferenciada no mercado, pois estamos à frente no que se refere à tecnologia de produção. Hoje, em nosso parque, contamos com as três opções hoje disponíveis para se imprimir: a flexografia, a impressão digital em baixas tiragens e a impressão digital em nível industrial de altíssima qualidade da Durst”, frisa Marcio.

Entre os destaques da Tau 330 RSC E, o proprietário reforça a alta resolução de impressão e a velocidade. Além disso, para ele, a agilidade no atendimento e a segurança de chegar a negociação só foi possível graças à presença da estrutura da Durst diretamente no país.

“Fechamos negócio em praticamente três dias”, conta. “Saber que podemos contar com estrutura de atendimento, peças e suporte aqui no Brasil é um diferencial importante. Nos dá segurança de apostar em uma tecnologia que, certamente, nos trará um diferencial competitivo único”.

Com suporte a larguras de até 330 mm, a Tau 330 RSC E tem velocidade estimada de 78 metros lineares/minuto – Isso corresponde a uma capacidade de produção de 1.485 m²/hora em uma resolução de 1200×1200 dpi. Pode produzir em até 8 cores (CMYK, mais Branco, Violeta, Laranja e Verde), permitindo assim cobrir quase 98% da escala Pantone com menor custo.

www.megalabel.com.br

www.durst.com.br

 

 

Sobre Lúcia de Paula

Lúcia de Paula
Jornalista na Linha Fina Conteúdos Jornalísticos, com 30 anos de experiência, especializada em flexografia, atuando no setor desde 2005; autora do livro História da Flexografia no Brasil, editado pela Abflexo/FTA-Brasil, Scortecci Editora, em 2018.

Veja Também

Heidelberg faz campanha para destacar os equipamentos para acabamento de embalagens de sua parceira MK

A atual campanha da Heidelberg é voltada para as gráficas de embalagem e foca em …