Início / CATEGORIAS de NOTÍCIAS / Polietileno: Braskem-Idesa do México paralisa atividades operacionais por corte de gás

Polietileno: Braskem-Idesa do México paralisa atividades operacionais por corte de gás

Por Eudes Scarpeta

 

Conhece aquele ditado: não existe nada tão ruim que não possa piorar? Pois bem, estamos vivendo uma crise de falta de diversos insumos e matérias-primas. O Polipropileno já enfrenta escassez há várias semanas.

A bola da vez é o Polietileno. Para piorar, o cenário vive uma crise entre a estatal de fornecimento de gás mexicana (Cenagas) e a Braskem-Idesa. Houve uma quebra unilateral por parte do fornecedor que paralisou as operações de fabricação de Polietileno no México. Isso afeta a produção dessa resina básica para a indústria em geral e principalmente para o mercado de embalagens flexíveis.

Estamos vivendo um período de consumo descontrolado e uma crise de insumos há muito tempo não vista. A falta da resina mais usada no mundo pode agravar o fornecimento e poderá faltar remédios, alimentos e produtos de consumo básico pela escassez de plástico para produção de embalagens.

A Braskem informou ter recebido uma notificação da agência do Governo mexicano, a Cenagas, sobre a interrupção no transporte de gás natural para o seu complexo petroquímico na região.

Como o gás natural é essencial para a produção de polietileno, a Braskem decidiu paralisar as atividades operacionais na central, sem previsão de retomada.

“As notícias são, sem dúvida, negativas”, disse o UBS, em relatório divulgado na primeira semana de dezembro. “A operação mexicana possui grande participação nos resultados da Braskem: um Ebitda de US$ 274 milhões nos primeiros nove meses (20% do total) e um Ebitda de US$ 361 milhões em 2019 (24% do total)”.

Na avaliação dos analistas, a Braskem tem duas possibilidades: acelerar a construção da unidade de logística para abastecer todo o gás natural de que precisa, ou revisar o contrato com a Pemex.

São duas possíveis saídas para a companhia, mas o UBS destacou que a conclusão do centro logístico está longe de acontecer (o banco espera que isso ocorra apenas em 2023) e a revisão do contrato com a Pemex pode reduzir a lucratividade das operações no México.

A Braskem afirmou que a controlada adotará as medidas legais aplicáveis na busca pela preservação dos seus direitos e por uma solução para a questão.

Imagem: LinkedIn/Braskem

Fonte: https://www.moneytimes.com.br

Sobre Eudes Scarpeta

Eudes Scarpeta
Eudes Scarpeta é profissional há quase quarenta anos no mercado de Embalagens Flexíveis, Rótulos e Papelão Ondulado. Formado em Administração e Pós Graduado em Administração Estratégica, possui curso de extensão universitária na Universidade de Artes Gráficas da Alemanha. É autor e co-autor de vários livros técnicos do mercado, como "Flexografia - Manual Prático" publicado em Português, Espanhol, Inglês e Polonês. É palestrante e Diretor do Instituto de Impressão.

Veja Também

Heidelberg faz campanha para destacar os equipamentos para acabamento de embalagens de sua parceira MK

A atual campanha da Heidelberg é voltada para as gráficas de embalagem e foca em …