Início / FLEXOGRAFIA / Sustentabilidade em ação com as chapas livres de processamento da Kodak

Sustentabilidade em ação com as chapas livres de processamento da Kodak

Sustentabilidade e questões relacionadas ao clima do planeta têm ganhado um papel de suma importância em diversos aspectos da vida cotidiana – e nem mesmo a pandemia de Covid-19 conseguiu tirar esses assuntos da pauta.

Ou seja, a redução do impacto ambiental tornou-se um fator muito mais importante nos últimos anos em todos os setores da economia. Os fornecedores de serviços de impressão não são exceção – não apenas devido aos padrões ambientais cada vez mais rigorosos que a indústria deve atender. A sustentabilidade também está no topo da lista de prioridades para clientes e consumidores de produtos gráficos. Não surpreende que as perspectivas de sucesso sejam melhores para empresas que optam por processos sustentáveis.

Já há algum tempo, a Kodak vem impulsionando ativamente os desenvolvimentos tecnológicos para permitir que as gráficas comerciais e de embalagens produzam de maneira mais ecológica e diminuam a pegada de carbono, não medindo esforços para garantir que qualquer progresso no caminho em direção a mais sustentabilidade não seja alcançado à custa do comprometimento da qualidade, produtividade e lucratividade.

Em um artigo publicado recentemente, Jim Continenza, presidente executivo e CEO da Kodak, explicou: “Meu objetivo é fornecer soluções que não sejam apenas superiores a outras alternativas, mas, também, apoiadas por um compromisso inabalável de toda a empresa em preservar nosso meio ambiente. Está claro que nossos clientes e o público estão se tornando mais conscientes do problema, e eu acredito que é simplesmente a coisa certa a fazer.”

O fato de que as questões de sustentabilidade e o uso mais eficiente de recursos devem receber uma ênfase ainda maior ao desenvolver novas tecnologias para o mundo de amanhã é, sem dúvida, uma boa notícia. No entanto, ainda hoje, existem soluções comprovadas no mercado que os impressores podem implementar sem muito esforço e despesas, como uma maneira rápida de atualizar seu perfil de sustentabilidade.

As chapas KODAK SONORA livres de processamento, que são usadas em mais de 5.000 gráficas em todo o mundo, são apenas um exemplo. A mais nova geração de produtos, a KODAK SONORA XTRA, combina todas as características de sustentabilidade, qualidade e desempenho da tecnologia de uma chapa livre de processamento com velocidade superior na gravação das imagens, contraste bastante melhorado e manuseio mais robusto.

 

Um passo simples com um grande impacto – não apenas para a sustentabilidade

A troca de chapas processadas pelas chapas livres de processamento SONORA elimina o uso de processadoras, e, consequentemente, o processamento tradicional de chapas. A vantagem da sustentabilidade aqui é que todo o consumo de eletricidade, água, revelador, reforçador, solução de goma e finalizador de limpeza associado ao método convencional é reduzido a zero.

E, uma vez que não há mais nenhum produto químico para enfrentar, e nenhuma processadora de chapas precisa de limpeza e manutenção, também não há produtos químicos ou líquidos residuais contaminados a serem descartados. Obviamente, isso representa uma economia de custos significativa.

A produção com as chapas SONORA Process Free não só leva a economia para a pré-impressão, mas também aumenta a produtividade e o rendimento na sala de impressão, gerando benefícios de sustentabilidade tangíveis que começam quando a impressora é configurada.

Graças à maior estabilidade de pontos e menor variabilidade que resulta da eliminação do processamento tradicional de chapas, é possível obter uma enorme economia na impressora porque há menos desperdício e menos tempo de inatividade do equipamento. Outra vantagem de mudar para as chapas SONORA do ponto de vista da sustentabilidade é o ambiente de trabalho mais confortável para os funcionários do departamento de gravação de chapas. A tarefa geralmente impopular e árdua de limpar as processadoras manualmente torna-se coisa do passado.

Por último, mas não menos importante, o desaparecimento do equipamento de processamento de chapas libera um espaço valioso na pré-impressão que pode ser usado de modo alternativo.

 

Como as gráficas atualizam seu perfil de sustentabilidade com as chapas SONORA Process Free

Um usuário que mudou com sucesso para uma produção mais verde com a ajuda de chapas livres de processamento é a Webstar, uma das principais gráficas comerciais da Nova Zelândia que trabalha com impressão rotativa.

Como parte do maior grupo de impressão do país, Blue Star New Zealand, a Webstar está comprometida em reduzir sua pegada de carbono e melhorar a sustentabilidade ambiental de seus processos de produção. A empresa passou a usar as chapas livres de processamento KODAK SONORA X em sua fábrica em Auckland, onde a produção ocorre em várias impressoras offset rotativas.

“Foi incrível como concluímos sem problemas a transição da chapa processada por via úmida para a livre de processamento. Nossas impressoras não tiveram problemas e foram rápidas em aceitar a nova chapa”, disse Steve Lonergan, gerente de Inovações Técnicas da Webstar. “Além do mais, conseguimos nos livrar de duas processadoras de chapas, de modo que, além de nos tornarmos mais sustentáveis, cortamos as despesas que eram necessárias para cuidar e manter essas máquinas.”

O Grupo ONLINEPRINTERS, uma das maiores gráficas online da Europa com mais de um milhão de clientes em 30 países, também está avançando com um modelo de negócios eficiente em recursos e colocou o tema da proteção ambiental em alta na agenda. O Grupo – que tem sua sede em Fürth, Alemanha, bem como gráficas na Alemanha, Dinamarca, Polônia, Espanha e Reino Unido – concluirá a migração de toda a sua produção para a chapa SONORA XTRA e soluções automatizadas CTP da Kodak neste ano.

“As chapas livres de processamento são mais ecológicas, o que é uma preocupação importante para muitos de nossos clientes. Ao mesmo tempo, a nova tecnologia nos permite entregar nossos produtos com mais rapidez. A tecnologia das chapas livres de processamento acelera a gravação, eliminando a etapa de processamento tradicional e a nova tecnologia de CTP também é mais rápida do que os procedimentos-padrão”, explicou Roland Keppler, CEO da ONLINEPRINTERS.

A Southwest Offset Printing em Gardena, Califórnia, EUA, é uma gráfica que trabalha com offset rotativa heatset e coldset, e é cliente da chapa SONORA desde 2016.

“Como somos uma empresa muito grande, tínhamos seis linhas de processadoras e fornos de chapa, então ela fez uma grande diferença com a queda de eletricidade, permitiu diminuir o consumo de energia com ar condicionado e uma pegada menor, o que é muito bom. Economizamos água e não ter a química foi fantástico”, disse Dutch Greve, CEO da Southwest Offset Printing. Ele também destaca a economia de custos alcançada com as chapas livres de processamento da Kodak na impressora: “A maior parte do que fazemos é uma grande quantidade de tiragens curtas e médias, por isso, estamos constantemente trocando as chapas, mas os acertos são tão rápidos agora que nos economizam cerca 3-4% em um trabalho, o que é bastante.”

Essas são apenas três das mais de 5.000 empresas de impressão em todo o mundo que, aproveitando as chapas livres de processamento KODAK SONORA, usam os recursos de maneira mais eficiente, reduzem o impacto no meio ambiente e fornecem um serviço de impressão mais sustentável para seus clientes. Nos dias de hoje, os impressores que se consideram ecologicamente corretos estão rapidamente ficando sem desculpas para não seguir esses exemplos.

 

Saiba como você pode economizar dinheiro na pré-impressão e na sala de impressão, mudando para as chapas livres de processamento KODAK SONORA: https://www.kodak.com/en/print/page/sonora-roi-calculator


Kodak e SONORA são marcas registradas da Eastman Kodak Company.

Sobre admin

Avatar

Veja Também

Artigo Por Oscar Silvério Gerente de Operações para a América Latina – EFI Metrics Printware …